sexta-feira, 6 de julho de 2012

Fifa aceita Bola de Futebol com Chip

Fifa adimite a implantação de chip em bolas de futebol para utilizar como tira teima!

Um encontro na Inglaterra iniciou debates para o uso da bola com chip no futebol.

Bola com chip: FIFA  está preocupada com a credibilidade do futebol / Wikimedia Commons
Bola de Futebol com chip

A introdução da nova tecnologia da linha de gol no futebol deu um passo à frente neste sábado quando a Comissão da Associação Internacional de Futebol estabeleceu os princípios que irão reger a utilização futura da ferramenta.
Brian Barwick, chefe executivo da Liga Inglesa, que recebeu o 121o encontro da comissão de regras do futebol, disse que há um entendimento geral que chegou a hora da tecnologia da linha de gol ser usada.
"Chegamos a um momento crítico e há um consenso geral de que está na hora de darmos um passo à frente. É a coisa certa a fazer", declarou.
"Mas se vamos passar a utilizá-la, temos de fazê-lo 100 por cento da forma correta --fazer da forma certa é fundamental, não o fator tempo."
A Comissão viu apresentações das federações inglesa e italiana e também um relatório sobre a Cairos, bola com microchip da Adidas e que foi usada como teste no Mundial Sub-17, no Peru, em 2005.
Federação Inglesa irá começar a testar o sistema desenvolvido pela companhia Hawk-Eye, cuja tecnologia tem sido amplamente utilizada no tênis e no críquete. Os experimentos provavelmente começarão a ser feitos entre os jogadores mais jovens e amadores da Liga Inglesa.
Paul Hawkins, diretor da Hawk-Eye, disse: "Primeiramente, vamos testar nosso sistema em situações de treino, porque se fizermos num jogo, podemos levar anos sem que uma decisão a respeito da tecnologia da linha de gol seja tomada."
Keith Hackett, diretor geral da Liga Inglesa para assuntos ligados a regras do jogo, integrou a equipe que apresentou a nova tecnologia à comissão e acrescentou: "Temos de convencê-los de que temos uma base sólida para que nosso sistema dê resultado."
"A Hawk-Eye tem uma grande reputação e espero que possamos começar os testes em jogos amadores em algumas semanas."
A FIFA não tem nenhum teste planejado para acontecer em torneios oficiais de qualquer nível.
A Comissão estipulou que qualquer sistema proposto tem que apresentar quatro princípios fundamentais: a tecnologia somente será usada nas decisões referentes à linha de gol; o sistema tem de ser 100 por cento confiável; a indicação se a bola ultrapassou ou não a linha de gol deve ser informada ao árbitro imediatamente; e o sinal somente será comunicado aos oficiais do jogo. (Leia mais)

Nenhum comentário:

Postar um comentário