Pesquisar

Últimas Noticias

segunda-feira, 2 de julho de 2012

FINAL CONSCIENTE


JOGO LIMPO NO CAMPO E NA VIDA!

Os jogadores recebem um salário extremamente alto para um trabalho até fácil ao olhar de algumas pessoas, mas se enganam quem pensa dessa forma. Você já parou pra pensar a pressão em que os jogadores recebem da torcida contra e até mesmo ela sendo tão fiel ao clube como a do timão, pode até não aparentar, mas deve ser uma pressão muito grande a cada passe errado, gols perdidos e erros simples que acabam prejudicando todo um trabalho. Eles entram em campo pensando nisso, ou às vezes relaxados mais sabem que isso existe, eles trabalham para nos entreter, trazer títulos ao clube mesmo que às vezes não é tão importante quanto ao olhar dos corinthianos fiéis, que carregam esta frase como lema “Corinthiano não vive de títulos corinthiano vive de Corinthians”. Mesmo assim eles trabalham e enfrentam tudo isso com um compromisso profissional e às vezes até pessoal e nos trazem alegria assim como esta final de Libertadores que estamos para enfrentar nesta quarta-feira 4/06, independente do resultado devemos ser firmes, se tivermos de gritar, gritaremos exaltadamente, se tivermos de chorar, choraremos, se tivermos de sorrir, sorriremos, seja lá como for vamos fazer bonito, erguer a cabeça e dizer: “esta foi merecida após anos”, ou “sempre há outras oportunidades”, mas faremos de tudo para levar  esta vitória tão sonhada. Seja lá qual for o resultado, vamos ser conscientes, respeitar a  vida dos outros, honrar a sua camisa, mostrar que você pode ser diferente do que pensam, vamos ser mais consentes e fazer o certo  exaltar nossa alegria desde que não prejudique nos mesmo e nem outras pessoas, vamos dar prioridade a vida.

“Eu não morro pelo meu time, prefiro viver com e vencer com ele. Dou prioridade a vida, de todos os quais que me secam e de todos os quais que me amam”

CARREGUEMOS ESTE LEMA, E VAMOS VENCER COMO VERDADEIROS CAMPEÕES!
 
Peço perdão caso tenha dito algo incorreto, ou algo que não seja coerente a sua opinião, mas esta é a minha e não a mudo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário