Pesquisar

Últimas Noticias

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Cuca questiona ligação de Guardiola a Gabriel Jesus e cobra autorização da diretoria


O técnico Cuca demonstrou certo incômodo nesta sexta-feira com a ligação telefônica que o espanhol Josep Guardiola, treinador do Manchester City, fez ao atacante palmeirense Gabriel Jesus.

O contato, revelado na quinta pelo jornal catalão Sport, teria contribuído para o clube inglês assumir a dianteira nas negociações pelo garoto de 19 anos. Cuca entende que a chamada só poderia ter sido realizada se a diretoria alviverde autorizasse.

O treinador palmeirense citou sua própria conduta no mercado de transferências para embasar o discurso. Ele disse que entrou em contato com os jovens Tchê Tchê e Róger Guedes após receber o aval das diretorias de Grêmio Osasco Audax e Criciúma, respectivamente. Ambos foram contratados pela diretoria a pedido do técnico.

"(A ligação pode ser feita) desde que seja liberada pelo clube, como foi com o Tchê Tchê e o Róger Guedes. Conversei com o Tchê Tchê porque tive a autorização do Vampeta [presidente do Audax]. Eu falei com o Róger porque o Criciúma me autorizou. Temos que ver se o (Alexandre) Mattos autorizou o Guardiola a falar com o nosso jogador. Se autorizou, sem problema nenhum. Desde que ele fique até o final do ano não tem problema nenhum", afirmou.
O Manchester City estaria disposto a pagar 32 milhões de euros (R$ 115 milhões) para contar com Gabriel Jesus. A negociação permitiria que o atacante permanecesse no Palmeiras até o final deste ano.


Como tem direito a 30% dos direitos do atacante, o clube arrecadaria 9,6 milhões de euros (R$ 35 milhões) com a venda.  Os outros 70% estão divididos entre o próprio jogador e empresários.
A multa rescisória para Gabriel Jesus sair do Palmeiras é de 40 milhões de euros (cerca de R$ 158 milhões).

Há, no entanto, uma cláusula no contrato do atleta que determina um valor de 24 milhões de euros (R$ 95 milhões) para um grupo de cinco times: Barcelona, Bayern, Manchester United, Paris Saint-Germain e Real Madrid.
O dispositivo só poderá ser acionado se o atleta tiver interesse em se transferir para uma das equipes selecionadas.

 Fonte : ESPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário